Um canto para leitura e reflexão

Posts marcados ‘glória de Deus’

Para o que você vive?

Para o que vc vive

 

No último sábado, 9/9, Champignon, 35 anos, ex-baixista da banda Charlie Brown Jr, suicidou-se com um tiro na boca. No dia 6/3 deste ano, Chorão, 42 anos, ex-vocalista da mesma banda, morreu de overdose de cocaína. No dia 5/5 passado, Peu Sousa, 35 anos, ex-guitarrista, enforcou-se. Esta lista pode ser quase interminável, passando por Amy Winehouse, 27 anos, Cássia Eller, 39 anos, Cazuza, 32 anos, Renato Russo, 36 anos, Michael Jackson, 50 anos… Todos ídolos da juventude. Todos mortos de forma trágica. Quase todos envolvidos com álcool e drogas.

Cazuza resumiu bem a realidade de todos eles ao escrever e cantar: “meus heróis morreram de overdose”. E na mesma música suplica: “Ideologia! Eu quero uma pra viver”. Ídolos sem ideologia. Ídolos sem direção certa. Ídolos sem limites. Ídolos dominados pelo álcool, sexo e drogas. Se a juventude vai segui-los e imitá-los, o que esperar do futuro?

Quando olho a indagação que dá base a este texto, penso que os ídolos da juventude vivem para morrer. Você vai me dizer: “pastor, todos vivemos para morrer”. É fato. Mas, não me refiro a este tipo de morte, e sim à escolha deliberada em morrer. Quando alguém diz: “leve seu filho à igreja e não irá buscá-lo em um presídio”, não significa que aqueles que levam seus filhos à igreja não os verão cometendo erros e sendo presos. O que se está dizendo com a afirmativa é que a probabilidade de um filho levado à igreja ser preso é muito menor do que de um filho que vive envolvido em maus caminhos. O que quero dizer com “os ídolos da juventude vivem para morrer” é exatamente isto. Eles estão escolhendo caminhos que são caminhos de morte. O sábio escreveu: “há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele conduz à morte” (Pv 14.12). Os ídolos da juventude estão escolhendo o caminho da morte. Eles vivem para morrer.

A verdade inexorável das escrituras sagradas é que “o salário do pecado é a morte” (Rm 6.23). Quando alguém escolhe viver pelo pecado e para o pecado, está escolhendo a morte. Muitos estão sendo enganados pela aparência: aparência de felicidade, de sucesso, de fama, de poder… é o pecado disfarçado, revestido de ilusão. Não se engane pela aparência. Há uma expressão em Provérbios 23.31,32 que mostra o perigo de se deixar levar pela aparência: “Não olhes para o vinho quando se mostra vermelho, quando resplandece no copo e se escoa suavemente. No seu fim morderá como a cobra, e como o basilisco picará”. Parafraseio: “Não se iluda quando o pecado resplandecer diante de você com aparência de felicidade e sucesso, no fim morderá como a cobra e lhe tirará a vida”.

Para o que você vive? Responda: vivo para a glória de Deus. Mas… VIVA MESMO.

 

Pr Gilvan Barbosa

Nuvem de tags